Um ano e tantos meses depois…

A regra é clara: o tempo passa voando.

Me toquei que sábado fará 1 ano e 7 meses que pegamos as chaves.

Bem, a verdade é que encaramos o desafio de deixar o nosso canto, com nossa cara e com nosso orçamento. Isso significa realmente ter muita paciência (virou meu mantra nos últimos tempos) porque realmente as coisas só vão muito rápido se você tem uma grana boa para agilizar isso, do contrário (o caso da gente), tudo terá que ser no nosso tempo. O lance é não sofrer com isso e curtir cada passo desse “caminho”, que realmente não será curto, mas pode ser bem legal.

Bora falar sobre o nosso orçamento. Infelizmente (ou felizmente), ele não comportava chamar um profissional para fazer o projeto do apartamento, (confesso que tenho medo daquele tipo de projeto que segue todas as regras, afinall isso realmente não combina muito com a gente). Ter um orçamento limitado faz com que você aprenda na marra a planejar as coisas, saber que determinadas decisões não podem ficar para próxima etapa.

Meu primeiro recurso ao invés de revistas (que acabei comprando algumas sim) foi o Pinterest.

Primeiro fiz um board geral de tudo que eu queria ter de referências para o 12B.

E conforme as ideias iam brotando, acabei criando um para cada cômodo.

A verdade é que quanto mais eu via coisas lindas, mais eu percebia que eu não tinha tudo isso de paredes e nem de metros quadrados. Então você começa a entender mais uma regra da vida: ela é feita de escolhas, e chegou a hora de fazer algumas.

Para tentar dar uma “direcionada” nos desejos, resolvi “desenhar” tudo o que estava na minha cabeça, isso ia facilitar para o meu moço, que ficava com cara de paisagem a cada nova ideia. Massss… tá aí um “detalhe” gigantesco: eu não sou arquiteta nem designer de interiores, eu não domino desenho técnico, e aí?

Daí que dando uma fuçadinha, escolhi uma ferramenta que podia ajudar a materializar um pouquinho de tudo o que estava  habitando a “cachola” (e os meus boards) em forma de desenhos: o SketchUp. Munida da planta baixa, falta de vergonha (pq é claro que não ia ficar “super”) e muita disposição, me joguei.

12B
A verdade, é que muito do que estava aí, realmente acabou “acontecendo”, algumas resolvemos fazer diferente e outras ainda vão acontecer.

P.S. – fiquem tranquilos, não sou tão maluca, e o que precisou de parecer técnico, teve o profissional certo para falar se dava ou não para fazer.

P.S.2. – os boards continuam sendo “alimentados” quase que diariamente.

Anúncios

2 comentários em “Um ano e tantos meses depois…

    1. Oi Rê, amo o blog da Ana. Que bacana que você curtiu, alguns móveis já estão lá no lugar… mas menina… como é difícil esse começo de não ter armários….. mas chego lá… rs

=]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s