Sempre falta um pouquinho 

Eu já estive aí, mas deixei muita coisa para ver. Parece que deixamos sempre algo para poder voltar. Errei o dia do museu aberto. Não consegui ver a feirinha como queria (pelo visto eu sempre queria mais um pouquinho, isso virou um problema e eu não percebi). Queria ter andado no metrô mega antigo. Queria ter me perdido por aí mais de mãos dadas que isso que é bom. Faltou tomar mais uma casquinha barata. Faltou ver o que a outra pessoa queria ver. Faltou olhar para o mesmo lugar.

Anúncios

=]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s