2017… 2018

Começar no dia 30. Novos sabores. Aproveitar todas as horas do dia 31. Novas sardas. Perder o medo de andar nas pedras. Parar de ter “nojinho” de algas, limo… etc. Banho de mar. Banho de chuva. Ver o relógio marcar 00:00 de um novo ano. Novas músicas. Procurar o “Cruzeiro do Sul” e as “Três Marias” no céu estrelado. Passar pela multidão e chegar num lugar onde o único barulho que se ouve é o bater das ondas contras as rochas. Ver o céu mais limpo ainda e com tantas estrelas que parece purpurina porque não há luz artificial para ofuscar. Ver a Lua em 99% refletindo no oceano e não ter pressa para admirar o “caminho” prateado que desdobra à sua frente. Dançar até ver os primeiros raios de sol despontarem atrás de você. Observar a luz invadir as montanhas. Continuar dançando ou só sentar e contemplar a mistura do canto dos pássaros com a trilha sonora “feita” na hora. Um casal de tartarugas vir dar bom dia. Improvisar para um primeiro banho de água salgada. Saltar do alto. Nadar sem “dar pé”. O “mundo” acordar, enquanto você vai dormir.

Anúncios

=]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s