20 dias

Sexta-feira e o mar de carros… acho que nenhum vive sem o outro em São Paulo.
Trânsito completamente parado, mas foi isso que possibilitou eu ver você olhando para mim, balançando a cabeça e sorrindo. Eu estava cantando e certeza que também estava dançando sem perceber.

Provavelmente foi isso que chamou sua atenção naquela infinidade de gente aprisionadas em seus carros, loucos para sair logo dali.

Aquele sorriso era lindo, e eu simplesmente não conseguia entender. Era um sorriso que atravessava lábios, dentes, olhos… devia vir do coração. E talvez fosse isso que eu não conseguia compreender, acho que meu coração não decifrou o porquê.

Ficamos ali trocando sorrisos, balançadas de cabeça e escolhi até outra música para ficar te observando e devaneando como deveria ser sua vida. O que você teria feito da hora que acordou até aquele momento em que você me sorriu.

Época de férias, com certeza você não deveria ter ido para escola, será que você estava ali desde de manhã? Com caixas de doce (e talvez sonhos) na mão e um sorriso no rosto.

Certeza que sua vida não deve ser nada fácil, mas apesar de tudo você foi capaz de doar essa tua alegria para alguém que sabe o quanto ela é valiosa. Obrigada Menino da Marginal.

Nem pensei em tirar foto, mesmo de uma forma que seu rosto não aparecesse, porque quero guardar aqui no meu coração todo o "carinho" que eu recebi de você, que nem tem ideia se eu merecia. Peço aos céus que você venda tudo logo, que volte para casa em segurança e que nada nessa vida tire esse sorriso do seu rosto.

Anúncios

=]

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s